domingo, 20 de setembro de 2015

um carneirinho

por Carol Stampone


um carneirinho fugiu
não tinha mapa
roubou uma maçã no quintal de uma quase vizinha
ela gritou
assustou-se e saiu a saltitar
sem comer

um carneirinho fugiu
não deixou bilhete de despedida
até quis
mas, não o tinham ensinado a escrever

um carneirinho fugiu
ainda era pequeno
a verdade é que os carneiros quando grandes já não fogem
os grandes carneiros quase nunca fogem
preferem permancer ali
bem alimentados
a trazer carneirinhos e mais carneirinhos para o mundo

um carneirinho fugiu
não saiu no jornal
nem fizeram queixa à polícia
a mãe carneira escondeu-se a rezar para o diabo
implorando para que o carneirinho filho não voltasse nunca mais


um carneirinho fugiu. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário