sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Få meg på, for faen

'Få meg på, for faen' é um filme norueguês de 2010, baseado no livro de mesmo nome, escrito por Olaug Nilssen.
'Få meg på, for faen' livremente traduzido para o português como "Você me acende" ' é um filme que sabe provocar, fazer rir e também fazer pensar.
A protagonista da história é a adolescente Alma. Uma menina que vive numa cidadezinha minúscula no interior da Noruega e que começa a viver o despertar da sua sexualidade. Um despertar com o qual ela não sabe como lidar e que as pessoas ao seu redor não são capazes de entender.
É muito relevante que o filme fale da descoberta da sexualidade por parte de uma menina, uma mulher, aquela que deveria sentar de pernas fechadas, casar de branco, comer de boca fechada, não falar palavrão, só fazer amor, na hora certa, com a pessoa certa... enfim, é muito relevante que no centro dessa história absurda esteja uma menina, que quer ser inteira e encontrar o seu lugar no mundo. 
Alma já começa o filme com os dedos metidos dentro de si mesma, numa procura desesperada por prazer. 
Alma faz ligações para o tele sexo, aonde encontra narrativas empolgantes que vão ao encontro de suas fantasias, mas também encontra mais do que isso. Encontra alguém com quem falar. Alguém com quem dividir quem ela realmente é e o que está sentindo. 
Eu adorei a fotografia do filme. 
Também gostei muito da sutileza com que o diretor brinca com as transições de mundos, o mundo imaginado e o mundo vivido. No mundo imaginado, habitado pelas fantasias de Alma, há espaço para a beleza e também para o absurdo. A gente as vezes fica com a impressão de que no mundo real há espaço apenas para o absurdo. Mas, o final nos surpreende de um jeito 'bão'. 
Ri sozinha vendo as transições tão bem feitas do mundo fantasiado por Alma e o mundo por ela habitado. No primeiro, há espaço para a comunicação entre dois seres que se amam. Uma comunicação que sabe falar todas as línguas: a feita de palavras, a feita de abraços, a feita de olhares. No mundo real o que predomina é a enorme dificuldade em comunicar o amor, a falta de palavras, a falta de jeito na hora de dizer as coisas, os desencontros, as solidões, os desesperos. 
Vale a pena assistir. É um filme recheado de rebeldia adolescente, ocupado por uma questão de gênero e costurado com lindas paisagens. Um filme ao mesmo tempo absurdo, engraçado e atual. 

Você pode assistir ao trailler, com legendas em inglês aqui: http://filmow.com/voce-me-acende-t48398
O filme, também com legendas em inglês, está disponível em: http://moviesub.net/watch/turn-me-on-dammit-2011/171.html

um abraço e inté a próxima, 

Nenhum comentário:

Postar um comentário