quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

7 histórias de família



7 histórias de família é um livro de contos. 7 contos que têm em comum o mesmo chão: a família. A família que enlouquece, a família que acaba, a família que rotula e não enxerga o verdadeiro sujeito, a família que tem regras absurdas, a família que nasce de uma mentira. A família que se tem e a família que se quer ter.
Reuni nesse livro contos que nos fazem questionar o conceito de família, mas, mais do que isso, contos que trazem até nós o cheiro da solidão, as cores do desespero, a loucura e casas absurdas. A família é um ponto de partida. É uma metáfora do mundo, no qual diversas outras instituições repetem os erros e injustiças que primeiro aprendemos no seio da família.
7 histórias de família é um livro habitado pela ingenuidade e também pelo absurdo. Uso o absurdo para questionar, para provocar, para tirar do lugar. Ou será ele que usa a mim?
Ora deixo as vilãs falarem, ora dou voz às vítimas. As vozes que se ouvem nessas histórias são quase sempre de mulheres. Dos sete contos em questão, cinco são contados por mulheres, um é contato por um menino e o outro por um pessimista.
o conto 'um menino sem razão' traz até nós algumas das violências que se comete no seio da família, violências tantas vezes ignoradas, silenciadas. a violência doméstica, a violência de não aceitar a sexualidade de um outro. violências essas, que se levadas ao extremo podem enlouquecer.
'apenas Juliana' é a história de uma menina que finge ser o que não é, para agradar a família, para caber na família, para caber no mundo, como tantas outras Julianas e Marias e Carolinas lá fora.
'casamentos' é uma história de mulheres que aborda o casamento de uma forma crítica e talvez um pouco ingênua. uma história na qual digere-se bolos e outras famílias possíveis.
'silêncio de dois' é a história do fim de um casamento. uma história pesada. mais uma vez, o absurdo é uma ferramenta. o fim de uma relação levado ao absurdo ou só mais uma relação absurda?
'a senhora da casa' é uma história que questiona a soberania que a gente aprende desde pequeno, no nosso primeiro mundo, a família. uma história que viaja até os tempos da escravidão e que tem como narradora uma vilã.
'julieta e romeu ou uma história verídica de dor de cabeça' é um conto que brinca com as mentiras que contamos para os outros e expõe as mentiras que contamos para nós mesmos, ao mesmo tempo em que expõe o esqueleto frágil das famílias felizes.
'quando o homem das cabras sumiu' é prosa poética e desabafo. uma tentativa frustrada de escapar da família e de todas as outras instituições. uma tentativa desesperada de existir por si mesmo, sem ser parte do mundo absurdo.

Cada uma dessas sete histórias traz até nós qualquer coisa quebrada e mal cheirosa. A gente fica se perguntando no final se essa coisa é a família, o mundo ou o próprio humano.
Quem quiser conferir 7 histórias de família agora pode adquirir o e-book aqui.
                                                                                              um abraço e inté a próxima,

Nenhum comentário:

Postar um comentário